Menu
  • Banner Blogs

Oya Egunitá

Egunitá é uma das nove Oyas de culto Igbalé e sem dúvida a mais famosa, por ser habitante da floresta sua kizila (Ewo) é a fumaça.

Egunitá é a deusa do espirito dos mortos e por isso não possuía filhos, mas desejava ser mãe, então dentro da floresta da morte ela conseguiu parir nove vezes.

Oyá estava nos dias de ganhar o primeiro filho e então ela fez a gigante tempestade de Eboykó e nesse dia foi atacada pelas Iyami, as bruxas rasgaram-lhe a barriga e raptaram o bebê, o cobriram com panos velhos e sujos e o alimentaram com Okete, o rato do cemitério. Nisso o bebê foi chamado Emalegan, o primeiro Egun, símbolo do poder sobre o Vento.

No segundo dia da tempestade Oyá pariu novamente, esse dia a tempestade foi muita bruta e nisso Oyá mostrou toda sua força. No meio da tempestade pariu o segundo Egun Yorugãn. Este Egun foi criado nas folhas de bananeira e é ele quem cuida da Sopeira do ibá de Oyá e é o símbolo de sua vaidade. Yorugãn é o filho que Oyá mais ama.

No terceiro dia da tempestade Oyá iluminou o céu e então pariu Akugan, este que é o Egun que bate os pés no chão fazendo ruídos e barulhos. Foi criado comendo brotos de bambu, é rebelde e simboliza a rebeldia de Oyá.
No quarto dia da Tempestade Oyá estava apreensiva e então pariu Orugã, que é o Egun sério, frio e calculista, caiu no milharal e foi criado lá. De Oyá ele ganhou um Atori chamada Pason, se veste de Mariwo e mora em buracos cavados no chão, é o lado sério de Oyá.
No quinto dia da Tempestade de Eboykó nasceuRungan, o Egun valente que salvou a Yabá Olossá da perseguição de Ikú. Rungan se alimenta de Bambu velho e é a coragem de Oyá.
No sexto dia da Tempestade nasceu Gyogan, que auxiliou Oxossi na caçada do pássaro Ororú para o rei de Ifé. Gyogan se veste com o couro do Búfalo de Oyá.
No sétimo dia nasceu Ungã, que é o Egun que vive rondando as covas no cemitério e castigando quem viola os túmulos. É o lado sombrio de Oyá.
No oitavo dia Oyá estava no auge do poder de destruição da tempestade e então pariu Bungan, o Egun maligno e perverso que ataca o ser humano e induz o homem a loucura e a desgraça, é o mais poderoso filho de Oyá.
No nono e último dia da tempestade de Eboykó nasceu Segi, chamado Egungun, que tinha poder de incorporar ou manipular os homens. 
Oyá Egunitá agora tinha nove filhos Eguns e ela então recebeu o encargo de guiar os mortos nas nove fazes do desencarne:
* Leito de Morte 
* Velório 
* Caminho até o cemitério 
* Porta do Cemitério 
* Caminho até a cova
* Descida a sepultura 
* Asese
* Despacho do Carrego 
* Subida ao Orum
Caso haja a necessidade de reencarnação, Egunitá guiará o Egun no processo.
Egunitá na batalha de Ajimudá, usou uma máscara de madeira para lutar junto a seu exercito de Eguns, hoje substituímos esta máscara pela pintura de Efun em seu rosto, geralmente em forma de caveira.
Leia mais ...
Assinar este feed RSS
Instagram

Blogs em Destaque

Últimos Itens de Blogs

Tata Nganga Bruxo Eros

Baba Luciano Veríssimo - avatar Baba Luciano Veríssimo

Tata Nganga Bruxo Eros

Tata Nganga Bruxo Eros. Sacerdote de Kimbanda Luciferiana com vasta vivência e ...

08 Outubro, 2017 Hits:101 Rate: 5.00

Irosun Iwori fala:

Baba Luciano Veríssimo - avatar Baba Luciano Veríssimo

Irosun Iwori fala:

Irosun Iwori fala: Para viver bem e ter vida longa nós devemos louvar nossos Ant...

09 Setembro, 2017 Hits:77

“Os Doze Obás de Xangô”, uma história Africana de Justiça!

Bàbá Lauro Ti Ayrá - avatar Bàbá Lauro Ti Ayrá

“Os Doze Obás de Xangô”, uma…

Assim como o vento que sopra e ninguém vê, o tempo passa transformando tudo, às ...

09 Setembro, 2017 Hits:126

Iyemonjá Sagbá

Bàbá Lauro Ti Ayrá - avatar Bàbá Lauro Ti Ayrá

Iyemonjá Sagbá

Muitos Yaôs nascem para esta Iyaba, Iyemonjá Sagbá, chamada ...

08 Maio, 2017 Hits:336 Rate: 5.00

Seções

Mostrar

Notícias Locais

Ferramentas

Sobre Nós

Siga Nos