Menu

Nigerianos protestam contra o fim do Consulado em SP

Nigerianos protestam contra o fim do Consulado em SP

São Paulo – A notícia de que o Consulado Geral da Nigéria irá encerrar suas atividades em São Paulo  mobilizou a comunidade nigeriana na última terça-feira, dia 1º.  Uma passeata coordenada pelo Centro Cultural Africano partiu do Largo do Anhangabaú, região central e seguiu até a avenida Brasil, onde funciona escritório consular. Hoje, mais de 10 mil cidadãos nigerianos vivem no Estado de São Paulo.

De acordo com o presidente do Centro Cultural Africano, Otunbá Adekunle Aderonmu (Jimi), a decisão é do governo da Nigéria, que alega problemas econômicos, mas provocará muitos transtornos para os que vivem na capital paulista, que representam 85% dos nigeriano no Brasil.  “Será um sofrimento, pois teremos que nos deslocar à Brasília, por cada pequena coisa que quisermos resolver”, disse Adekunle.

Outro problema, segundo ele, é que a notícia chega em um momento em que a NIGERIANS IN DIASPORA ORGANIZATION AMERICAS está trabalhando arduamente para criar mais consciência das oportunidades de negócios entre o Brasil e a Nigéria, especialmente no desenvolvimento agrícola. “O Consulado em São Paulo torna mais fácil para a NIDOA BRASIL organizar reuniões com os parceiros brasileiros”, explicou.

Até o momento, nem a Embaixada e nem mesmo o  Governo da Nigéria haviam respondido ao manifesto.  “Com o encerramento do Consulado uma boa parte do sonho de uma melhor relação comercial entre os dois países será destruído”. Concluiu Adekunle Aderonmu.

 

Agência Áfricas de Notícias – por Claudia Alexandre

 

Última modificação emQuarta, 09 Agosto 2017 01:02

Deixe um comentário

Envie seu comentários, ele será analizado por nossos moderadores e em breve será publicado. Agradecemos sua participação

Portal Afroxé

voltar ao topo
Instagram

Notícias em Destaque

Seções

Mostrar

Notícias Locais

Ferramentas

Sobre Nós

Siga Nos