Clique para ouvir o texto selecionado! GSpeech
Menu

SETE SAIAS DO CABARÉ - História

SETE SAIAS DO CABARÉ - História
A "Truqueira"
 
Se conta que há alguns séculos atrás
Ainda na época do império 
Haviam vários cabarés espalhados
Pela colônia, pelo Brasil.
Um destes era o Cabaré de
Maria Mulambo.
O que diferenciava este Cabaré 
Dos demais era o tipo de moças
Que trabalhavam lá, 
Eram moças "espertinhas"
Treinadas na malandragem.
A moça preferida de Mulambo
Era Cármen,  uma filha de espanhóis
Que dançava nua para os clientes. 
Ela era a prostituta mais bem paga
Da cidade mas não parava por ai,
Além de rameira ela era 
Também uma golpista. 
Ela era noiva de Sete homens,
Sete rapazes que não frequentavam
O Cabaré. 
A cada um deles ela dizia que 
Trabalhava de camareira, 
Ou que era camponesa, ou 
Que era cozinheira, ou qualquer
Mentira sobre um trabalho árduo. 
Com isso ela dizia a todos que só
Tinha uma folga por semana
Podendo visita-los uma vez a cada
Sete dias. 
Na segunda ela visitava um,
Na terça outro, na quarta outro 
E assim por diante.
Para encontrar cada um ela
Usava uma única saia, 
Uma saia para cada um.
Isso reforçava a ilusão de que
Ela era pobre e assim
Enganava mais os coitados.
Toda vez que via um deles
Ela arranca alguns tostões,
Todo dia ela conseguia algum
Dinheiro dos rapazes, 
E eles todos crentes que ela
Era uma moça honesta e trabalhadora
Abriam os bolsos para ajuda-la.
Um dia um deles foi até o Cabaré
Por convite de um amigo 
E não acreditou nos próprios olhos
Quando a viu se prostituindo.
Ela dançando nua na frente de dezenas
De homens que atiravam dinheiro
No palco onde ela se exibia. 
Indignado ele passou a segui-la
E pelos sete dias da semana 
Ele a viu com os seis homens
Pela manhã e pela noite 
Vendendo o corpo no bordel. 
Furioso ele avisou cada um dos
Rapazes e como a maioria não
Acreditou ele levou todos para
Ve-la dançando nua no Cabaré. 
No dia seguinte ela sem desconfiar
De nada foi até a casa de um 
Dos homens mas quando entrou
Foi surpreendida pelos sete. 
Os sete estavam juntos ali
Para se vingar dela.
Ela os enganou por muito tempo,
O ódio que eles sentiram por ela
Era enorme.
Ela foi espacanda,
Teve os cabelos cortados
E quando eles pensaram que
Ela estava morta
A abandoram dentro de uma floresta.
Ela ficou lá no meio da mata
Por alguns dias até que 
Uma cigana a encontrou,
Ela era a Cigana Esmeralda.
Esmeralda a socorreu e cuidou
De seus ferimentos até ela 
Se recuperar totalmente. 
Quando Cármen voltou para
O Cabaré de Mulambo ela juntou
Todo o dinheiro que tinha,
Que na verdada era uma fortuna,
Comprou um palacete e pediu 
Para Mulambo espalhar a notícia
Que uma Marquesa estava chegando
Na cidade e que daria 
Uma grande festa.
O boato se espalhou
Mas apenas sete convites foram feitos,
Cármen convidou os Sete homens.
No dia da festa eles chegaram no
Palacete e foram recebidos por
Todas as meninas do Cabaré, 
Todas elas vestidas como Damas
Da sociedade. 
No meio da festa Cármen entrou 
No salão e os homens
Se surpreenderam quando a viram
Ali viva diante deles. 
Sem pestanejar vários capangas
Entraram no salão e agarram
Os sete homens,
Os arrastaram para uma barraco
No meio do mato
E atearam fogo na casa com 
Eles dentro. 
Carmen ria, gargalhava 
Ao ver sua vingança consumada. 
O palacete que comprou se tornou
O seu próprio Cabaré,
Ela se tornou riquíssima 
E até o fim de sua vida ela
Guardou as Sete Saias que usou
Para enganar os homens
E assim se lembrar de sua vingança. 
Ela é terrível! 
Sete Saias do Cabaré!

Deixe um comentário

Envie seu comentários, ele será analisado por nossos moderadores e em breve será publicado. Agradecemos sua participação

Portal Afroxé

voltar ao topo

Seções

Mostrar

Notícias Locais

Ferramentas

Sobre Nós

Siga Nos

Clique para ouvir o texto selecionado! Home